Treinar na esteira ou ao ar livre? Vantagens, desvantagens e dicas

correr na esteira ou ao ar livre

É comum ter dúvida sobre quais as diferenças entre treinar na esteira ou ao ar livre. Na maioria das vezes escolhemos como e onde treinar de acordo com o fácil acesso e não, necessariamente, pelos benefícios.

Mas saiba que há diferenças e vamos te contar para que possa tirar melhor proveito de acordo com os seus objetivos.

Principais benefícios de correr na esteira:

• Boa para quem está começando a correr, pois é mais seguro na prevenção de lesões.
• Para quem está retomando aos treinos após uma lesão
• Atletas acima do peso estão mais seguros e podem controlar o batimento cardíaco e assim fazer um treino mais seguro.
• Indicado para fazer o treino HIIT , como o treino possui muitos intervalos curtos e com bastante variação de velocidade fica mas fácil controlar pela esteira
• Fazer treino de subida quando não há local próximo com inclinação
• Aprender a se alimenta e hidratar em corrida longas e estipular tempo
• Fácil para treinar correção de postura

Efetividade da corrida na esteira e dica infalível!

Correr na esteira é mais fácil porque não há resistência do ar, nem atrito do solo com os pés. Ao ar livre, as pernas efetivamente empurram o corpo para a frente.

Para simular a energia usada na corrida de rua, a dica é ajustar a inclinação da esteira para  0,5 a 1,0% . Assim você consegue compensar a falta de resistência do ar e da correia em movimento debaixo de você para executar o mesmo esforço que faria ao ar livre.

E as desvantagens?

No longo prazo, treinar a maior parte do tempo em esteira  prejudica no desempenho da performance desejada. Isso porque a biomecânica da corrida ao ar livre é bem diferente da esteira, um tapete rolante que passa embaixo do atleta, sem haver a fase ativa .

Quando corremos em uma esteira é fácil definir uma velocidade e apenas bloquear em um ritmo alvo. Infelizmente, este método não ensina como definir o pace ideal,  e aumentar a velocidade de forma gradativa e uniforme, conforme a sua percepção de esforço e, claro, a estar preparado para aquele sprint no final da prova.

Dessa forma o desenvolvimento de seu esforço e a importante noção de variação do pace, de acordo com o objetivo e estímulo externo, como uma arrancada forte ou uma subida puxa, ficam prejudicados.

Treino ao ar livre

Treinar ao ar livre é básico para qualquer atleta que deseja correr em provas.
Confira abaixo os benefícios.
• promove um maior estímulo e a adaptação dos músculos, ligamentos, tendões, articulações  a esse piso.

• o impacto na rua é maior e, por isso, quem treina apenas na esteira tem mais chances de sofrer lesões em uma prova, por exemplo.

• O corredor aprende a dosar o ritmo para os treinos e isso ajuda muito a controlar o pace nas provas.

• Fundamental para correr em provas de rua

• adaptação do corpo a diferentes climas

• auxilia na absorção da vitamina D

• menos monótono que correr na esteira

Atenção: evite correr na rua. As calçadas geralmente são feitas de concreto, um material mais duro que o asfalto, gerando mais impacto nas articulações. Além disso, na rua há veículos transitando e há risco de atropelamentos e outros acidentes. E de maneira alguma corra na rua ouvindo música! Você precisa estar em condições de ouvir o som de veículos passando, se aproximando de você.

 

Se você ainda não treina com a gente, confira abaixo sobre como começar!


Experimente treinarBaixe o aplicativo #sourun e treine grátis por 2 semanas. Depois de baixar você preenche alguns dados para que um treinador te conheça e monte o seu treino de acordo com o seu objetivo e condição física atual.

apple android  

A soürun é a primeira assessoria online de corrida com treinadores reais. Aqui no blog você encontra conteúdo para te ajudar a atingir os seus objetivos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *